Passado doloroso: Ana Hickmann encerra mistério sobre a relação com o pai

No decorrer de uma entrevista, com os olhos lacrimejando, a apresentadora Ana Hickmann enfim explicou pormenores de sua relação com o pai, João Hickmann., que veio a óbito em 2019. Vale ressaltar que o patriarca jamais foi visto publicamente ao lado da apresentadora, algo que sempre intrigaram os internautas.

Nos dias atuais, a âncora do “Hoje em Dia” tratou de entregar detalhes do passado. “Carreguei algumas vezes minha mãe para o hospital”, relatou ela ao Domingo Espetacular, da TV Record. No bate-papo, a famosa disse ainda que a mãe viveu uma rotina de agressões físicas e psicológicas.

Continua depois da publicidade

Em um dos casos de agressão sofrido pela mãe, ela chegou a machucar a mão em uma mesa de vidro. “Ele abriu a cabeça da minha mãe. Só parou de bater nela quando me viu sangrando. Chorou dizendo: “Meu Deus, o que eu fiz”. Vi nele a mesma expressão que vi agora no Alexandre, quando estava preso do lado de fora da cozinha enquanto eu ligava para a polícia”, declarou ela.

Em se tratando sobre o caso de agressão do pai, Ana Hickmann contou que esse inclusive foi a principal razão para sair de casa aos 12 anos e tentar a vida fora do Rio Grande do Sul. “Por isso saí tão cedo de casa. Precisava ajudá-la a cuidar dos meus irmãos. Por isso também jurei que nenhum homem me tocaria. Mas permiti ser ferida e agredida de outras formas”, lamentou ela com os olhos cheios de lágrimas.

João Hickmann morreu em 2019 aos 59 anos em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. Na oportunidade, a apresentadora chegou a publicar uma mensagem breve. “Pai, parece que é mentira, mas agora você é uma estrelinha. Fica em paz! A gente te ama! Vamos sentir muito a sua falta”, afirmou.

Conheça o vira-lata que ajudou Ana Hickmann a se defender do marido

No decorrer de uma entrevista cedida ao Domingo Espetacular, a apresentadora revelou detalhes sobre a violência doméstica que sofreu do marido, Alexandre Correa. Ao detalhar os momentos de terror e pânico vividos por ela naquele 11 de novembro, no entanto, um personagem chamou atenção dos telespectadores.

Além dos agentes de seguranças, que prestaram prontamente o seu pedido de socorro, Ana Hickmann revelou que Joaquim, seu cachorro, a ajudou a sair das garras do marido, quando Alexandre tentava impedi-la de acionar a polícia.

“A minha cozinha tem uma porta de correr, e quando eu fui tentar fechar a porta, ele (Alexandre) começou a segurar a porta. E a gente começou a lutar, ele tentando segurar a porta aberta e eu tentando fechar. Quando ele viu que eu não ia largar, ele fecha a porta exatamente no meu cotovelo. Eu acho que estava com a adrenalina e o sangue quente tão forte, que na hora eu não senti dor”, contou Ana.

Ainda na entrevista, a loira entregou o momento exato em que seu cachorro a protegeu dos ataques do empresário. “Mas os meus cachorros estavam atrás de mim, a Fanny e o Joaquim, latindo muito. Eles já tinham visto o Alexandre gritar muitas vezes, toda vez que ele gritava, os cachorros ficavam muito alterados em casa. E eu gritei: ‘Pega!”, e o Joaquim pegou. O meu cachorro voou para cima dele, e eu consegui fechar a porta e travar as janelas”, relembrou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais