Reviravolta com teste de DNA? Pais de Madaleine McCann procurado jovem que afirma ser a filha deles raptada em Portugal em 2007

A jovem Julia Faustyna, que recentemente viralizou nas redes sociais após afirmar ser Madeleine McCann, a menina que desapareceu em Portugal em 2007, teria sido contatada pela família McCann para realizar um teste de DNA e confirmar sua identidade.

O perfil criado por Julia Faustyna no Instagram já tem milhares de seguidores que criaram uma espécie de campanha para que os pais de Madeleine McCann ficassem sabendo e entrassem em contato com a jovem que compartilhou várias imagens para demonstrar as semelhanças entre ela e Madeleine.

Continua depois da publicidade

Montagens e “evidências” foram publicadas por Julia em sua conta no Instagram, ela mora em Bréslavia, na Polônia, e afirma ser Madeleine McCann.

Postando em suas redes sociais, a jovem de 21 anos havia feito pedidos de ajuda para contatar os pais de Madeleine, Kete e Gerry McCann, para que pudesse realizar o teste de DNA.

Alegando ter sido vítima de abuso sexual na infância, a jovem de 21 anos também aponta o pedófilo alemão Christian B. como seu agressor, um dos principais suspeitos no caso Madeleine.

Além disso, alega ter o mesmo defeito ocular que a criança desaparecida, bem como semelhanças físicas com seus pais, Gerry e Kate.

As postagens em seu perfil no Instagram, a jovem vinha pedindo ajuda para se comunicar com os McCanns e realizar o exame de DNA.

A imprensa internacional divulgou que a família está disposta a realizar o teste. Compartilhando uma matéria sobre o avanço no contato com os pais de Madeleine e Julia fez questão de compartilhar em seu perfil neste domingo (19) que eles aceitaram fazer o exame de DNA.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais