Jovem que perdeu a vida em ataque dentro de escola no PR tem o seu último pedido revelado por padre

Nesta terça-feira, dia 20 de junho, foi revelado o último pedido feito pela estudante Karoline Verri Alves em sua Igreja, que perdeu sua vida após ter sido baleada enquanto estava na escola, no Paraná.

O namorado dela, Luan Augusto, também não conseguiu resistir aos ferimentos e teve o seu falecimento confirmado. Karoline era religiosa e frequentava a Igreja.

O padre do local que ela costumava ir, revelou qual teria sido o último desejo da jovem, antes de ter sua vida tirada de forma brutal. A jovem foi atingida por um ex-aluno da instituição que estudava. 

“Em conversa com o padre, que é amigo da família, ele me disse algo sobre a Karoline, que foi a primeira vítima do tiroteio dentro do colégio. Segundo ele, a jovem pediu para se confessar no último domingo”, disse Vanessa Navarro, repórter da RPCP.

Navarro esteve no local onde foi realizada o velório da jovem. Ativa na Igreja, Karoline tinha um engajamento com a comunidade e o crime gerou forte comoção local.

Segundo o sacerdote, a jovem tinha sempre uma postura proativa e agia sempre para estar preparada caso algo acontecesse em sua vida. A jovem era bastante devota.

O velório da adolescente foi tomado por um misto de emoções, com muita tristeza e revolta pela situação que aconteceu. O casal era bastante engajado na Igreja Católica, realizando diversas atividades religiosas.

Karoline e Luan estavam juntos há pouco mais de 1 ano. Familiares revelaram que a jovem tinha o sonho de se casar e ter filhos com o jovem e que ele teria sido o primeiro namorado dela.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais