Bebê de seis meses falece com quatro tiros disparados pelo próprio tio durante briga familiar com os pais

Uma terrível tragédia abalou a pacata cidade de Guaraci, situada a aproximadamente 70 quilômetros de Maringá, na noite da última terça-feira (4).

Um triste incidente resultou na morte de uma bebê de apenas seis meses de idade, que foi atingida por disparos de arma de fogo em meio a uma desavença familiar.

Além da pequena vítima, seus pais também foram baleados durante a confusão e tiveram que ser transportados às pressas para hospitais da região para receberem o devido atendimento médico.

Informações preliminares apontam que a família se encontrava em sua residência quando a discussão teve início. No calor da briga, tiros foram efetuados e, infelizmente, a bebê acabou sendo atingida.

A motivação exata para o conflito ainda é desconhecida, mas a polícia já deu início às investigações para esclarecer os fatos e identificar os responsáveis pelo trágico desfecho.

O lamentável evento ocorreu no bairro Alto da Boa Vista. Conforme informações coletadas junto a testemunhas, o crime aconteceu em uma casa localizada naquela área, durante um desentendimento entre membros da mesma família.

Segundo relatos, um dos envolvidos na discussão era o próprio tio da bebê, identificado como Uanderson da Silva, que possuía uma arma de fogo. Em meio ao confronto, disparos foram efetuados, acertando a criança e seus pais.

As autoridades policiais foram acionadas para investigar o caso e tentar identificar o autor dos tiros, que fugiu do local após o ocorrido. A criança foi levada às pressas para o Pronto Atendimento Municipal, mas, infelizmente, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Informações obtidas junto às autoridades policiais revelam que a bebê foi atingida por pelo menos quatro tiros. O corpo da pequena vítima foi removido pela polícia científica para a realização de exames periciais que auxiliarão nas investigações.

Enquanto isso, as autoridades seguem empenhadas na busca pelo responsável pelos disparos, Uanderson da Silva. O criminoso evadiu-se do local após o crime e, até o fechamento desta reportagem, não havia sido localizado pelas forças policiais.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais