Adolescente é apreendido e pais são presos por apologia a nazismo em cidade do RS

A Polícia Civil apreendeu um adolescente e os pais do garoto por crime de terrorismo. O garoto, segundo as informações do caso, vinha planejando um atentado contra uma escola da região de Maquiné.

Os investigadores identificaram o caso após monitoramento de troca de mensagens. Após a identificação da ameaça, um mandado da Justiça autorizou a busca no imóvel da família, onde um arsenal de material nazista foi encontrado.

O delegado Marco Antônio de Souza explicou que os pais do garoto também foram apreendidos porque não era possível que o casal não soubesse do que estava acontecendo na casa.

A gente apresentou o adolescente e os pais, o pai e a mãe, à polícia exatamente porque não tinha como não estar sabendo do que estava acontecendo naquela casa dado o farto material que foi apreendido“, declarou.

O delegado ainda explicou que um dos objetos encontrados, uma bandeira em apologia ao nazismo, foi presenteada pelo pai do garoto ao menor infrator. Maniqué é uma cidade localizada no estado do Rio Grande do Sul.

A polícia não divulgou a identidade nem dos pais, nem do menor.

As prisões foram possíveis graças ao trabalho de inteligência da Polícia Civil, que vem sendo intensificada com o aumento no número de casos de atentado.

No Brasil, a promoção ou defesa do Nazismo é crime previsto. Ter símbolos, imagens, textos e outros itens em defesa ou promoção do regime é previsto como crime.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais