Homem que realizou massacre em creche de SC já tinha atacado padrasto e um cachorro com objeto cortante

Chegou a ser fornecido maiores detalhes sobre o criminoso que invadiu uma creche na região de Santa Catarina, em Blumenau. Ele tirou a vida de quatro crianças e deixou outras quatro feridas, sendo que uma se encontra em estado grave.

Ulisses Gabriel, delegado-geral da Polícia Civil, chegou a fornecer a informação de que o homem, de 25 anos, que invadiu a creche, tinha um longo histórico criminal. A informação foi compartilhada nesta quarta-feira, dia 5 de abril.  

O homem foi identificado pelo nome de Luiz Henrique de Lima. Ele já tinha outras quatro passagens pela polícia. A primeira delas foi registrada em meados de 2016, após ter ocorrido uma briga em uma casa noturna e ele estar envolvido.

Em 2021, Luiz Henrique enforcou o próprio padrasto. Em 2022, ele foi fichado por estar portando cocaína. Ainda no mesmo ano, ele foi novamente atuado por ter quebrado o portão de seu padrasto e ter esfaqueado um cão.

Ele nasceu na região de Salto do Lontra, no Paraná. Contudo, desde 2019, Luiz tem documentos registrados em Santa Catarina.

“Vamos fazer uma análise do perfil psicológico desse indivíduo para que possamos traçar comportamentos e começar uma sistemática em Santa Catarina de perfis que possam praticar esses ilícitos.”, disse o delegado, diante dos próximos passos.

As autoridades também solicitaram a quebra de sigilo das redes sociais do autor do crime. Eles querem investigar se mais alguém estaria envolvido.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais