Escândalo! Mulher descobre que pai tinha caso com marido e expõe vídeos: ”eles é um amor”

Uma reviravolta chocante na cidade de Araraquara(SP) veio à tona quando uma mulher descobriu que seu marido a traía com seu próprio pai, envolvendo até transações financeiras. A esposa, ao encontrar mensagens comprometedoras no celular do marido, expôs publicamente o caso nas redes sociais, desencadeando uma série de eventos surpreendentes.

Ao vasculhar o telefone do esposo, a mulher deparou-se com mensagens e vídeos explícitos entre ele e seu sogro, evidenciando o envolvimento amoroso e até mesmo transações financeiras para incentivar as relações sexuais. Indignada com a traição dupla, a esposa decidiu tomar medidas drásticas.

Continua depois da publicidade

No próprio perfil do pai na rede social, ela compartilhou todas as informações descobertas, incluindo vídeos explícitos, gerando uma repercussão imediata. Mesmo com a remoção posterior dos vídeos pela plataforma, a publicação que apresentava fotos de um carro danificado, resultado de um acesso de fúria, permaneceu.

Além disso, a esposa divulgou prints de conversas que confirmavam o relacionamento amoroso entre o marido e o pai. Ao descobrir a traição, ela encerrou o casamento e expressou sua frustração quebrando os vidros do carro do ex-marido.

O caso ganhou notoriedade quando foi compartilhado por um perfil do Twitter, alcançando mais de 1 milhão de visualizações. A situação tomou um rumo ainda mais tenso quando a Polícia Militar entrou em cena, ouvindo testemunhas que relataram que o pai da mulher, movido por ciúmes, atacou a residência do ex-genro, lançando garrafas de vidro e incendiando seu carro.

O vídeo divulgado mostra moradores tentando conter as chamas enquanto o pai da mulher proclama sua relação com o ex-genro, desencadeando a ira da população. Em resposta, cinco pessoas agrediram o homem, resultando em ferimentos na cabeça. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, levando-o para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) local, onde recebeu tratamento e observação médica.

Vale ressaltar que uma jovem de 20 anos também ficou ferida nas pernas por estilhaços de vidro durante o incidente, mas optou por não denunciar o agressor. A Polícia Militar registrou o ocorrido como incêndio em veículo, e a investigação está em andamento nas autoridades de Araraquara.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais