Celular explode depois de jovem jogar aparelho na testa da namorada em mais um caso de violência doméstica

Na tarde do último sábado (1º), na cidade de Vila Velha, localizada na Região Metropolitana de Vitória, capital do Espírito Santo, ocorreu um caso de violência doméstica.

Uma jovem de apenas 18 anos foi brutalmente agredida pelo seu companheiro, utilizando um pedaço de madeira como arma. Para piorar a situação, o agressor ainda atirou um celular em direção à cabeça da vítima, o qual explodiu após o impacto.

Após a denúncia, o homem foi conduzido à Delegacia da Mulher, onde foi ouvido e liberado mediante pagamento de fiança.

Visivelmente transtornado, o namorado da jovem teria se enfurecido ao descobrir que ela havia saído para encontrar uma amiga sozinha.

Segundo a vítima, quando retornou para casa, seus pais alertaram sobre a presença do rapaz de 22 anos, que portava uma faca e ameaçava matá-la.

A vítima contou para as autoridades competentes que investigam o caso, o namorado estava muito agitado e que apesar do alerta de seus pais ela entrou na residência onde os seus dois filhos estavam.

Neste momento o homem teria a golpeado com um pedaço de pau e em seguida jogado o celular que acertou sua cabeça na altura da testa e que ao cair no chão explodiu.

A vítima ainda revelou que foi agredida diante dos dois filhos do casal, um de cinco e outro de dois anos.

“Na hora eu nem pensei no celular, eu pensei nas crianças, que tavam aqui dentro. O celular começou a sair fumaça e eu pedi pra tirar o celular daqui de dentro antes que ele explodisse porque a gente tava na sala”, disse a jovem.

A vítima contou que a filha mais velha está muito assustada com tudo que presenciou.

A jovem relatou que engravidou do namorado aos 13 anos de idade e que foi impedida de trabalhar pelo namorado, que sofria de ciúmes excessivos. Como consequência, ela acabou abandonando seus estudos ainda no sexto ano do ensino fundamental.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais