Casados há 30 anos, casal falece com poucos minutos de diferença em SC

Um casal proveniente da cidade Nova Itaberaba, localizada na região Oeste de Santa Catarina, evidenciou sua dedicação aos compromissos matrimoniais ao permanecerem unidos até o final de suas existências.

Após três décadas de união conjugal, Ari Testa, de 56 anos, e Venilde Conci Testa, de 60 anos, partiram na última quinta-feira (21), com uma diferença de apenas sessenta minutos, ambos estavam internados no mesmo estabelecimento hospitalar.

A única filha do casal, Naiele Testa, de 29 anos, relatou ao Portal SCC10 que ambos ficaram doentes e precisaram ser hospitalizados no Hospital Regional do Oeste (HRO).

Ari e Venilde eram dedicados à gestão de um criadouro de aves e ao cultivo de tabaco. Enquanto ele atuava como agricultor, ela já estava aposentada como professora há cerca de sete anos.

Naiele compartilhou que seu pai travava uma batalha contra um câncer hepático, ao passo que sua mãe enfrentava uma luta contra a depressão e anemia.

Quando Venilde foi admitida no hospital, recebeu o diagnóstico de Covid-19 e, posteriormente, pareceu ter sofrido um AVC. Lamentavelmente, ela acabou contraindo uma infecção disseminada que culminou em seu óbito.

Na manhã em que eles faleceram, voltei para casa para tomar um banho e depois voltar. Então meu tio, que estava lá, me ligou para subir porque o pai tinha partido. Até a ficha cair, chorei muito”, contou sobre o momento em que descobriu sobre a morte do pai.

“Quando chegamos lá, aguardando para liberarem o corpo, tivemos a notícia que era para aguardar mais um pouco porque a mãe também tinha ido”, lembrou sobre o óbito da mãe.

A prefeitura de Nova Itaberaba manifestou sua tristeza pela perda do casal em suas plataformas online. O órgão municipal esclareceu que Venilde desempenhou funções como funcionária pública na cidade por um longo período e estava atualmente aposentada.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais