Aluna sofre disparo na cabeça durante ataque em escola estadual em São Paulo, confirma Polícia Militar

Um ataque a tiros na Escola Estadual Sapopemba, localizada na zona leste de São Paulo, deixou a comunidade escolar em choque. De acordo com informações da Polícia Militar, uma aluna foi baleada na cabeça durante o incidente, que ocorreu nesta segunda-feira.

O autor dos disparos é um aluno do 1° ano do ensino médio da escola, que foi detido pelas autoridades. Um segundo suspeito ainda está foragido. Além da aluna atingida na cabeça, pelo menos outras duas pessoas ficaram feridas, cujas identidades não foram divulgadas. Todas as vítimas foram encaminhadas ao Pronto Socorro Sapopemba, com a situação da aluna atingida na cabeça sendo a mais grave.

A Polícia Militar informou que o aluno responsável pelos disparos teria uma desavença com a estudante baleada, mas as razões que levaram ao ataque e o fato de outras pessoas terem sido atingidas permanecem sob investigação.

O tiroteio gerou pânico na comunidade escolar e nos pais dos estudantes, que se dirigiram à escola em busca de informações e para garantir a segurança de seus filhos.

Até o momento, as Secretarias da Segurança e da Educação do Estado não se manifestaram sobre o caso. O 70° Distrito Policial de Sapopemba está investigando o incidente.

Este evento trágico ressalta a importância de abordar a segurança nas escolas com seriedade e eficácia, bem como a necessidade de compreender as causas subjacentes a episódios violentos nas instituições de ensino. A comunidade escolar e as autoridades continuam a trabalhar juntas para garantir um ambiente seguro para os alunos.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais