Acidente envolvendo carro e carreta na GO-118 deixa vítimas fatais e feridos; todos da mesma família

Mais um grave acidente em uma das rodovias que cortam o estado de Goiás ceifou vidas e deixou feridos. Neste domingo (24), uma colisão entre uma carreta e um carro resultou no falecimento de um pai e sua filha, além de deixar outras três pessoas da mesma família feridas.

O trágico acidente ocorreu na rodovia GO-118, na área do distrito de Nova Petrópolis, situado no município de Planaltina de Goiás, localizado no interior do estado goiano.

Conforme informações do Corpo de Bombeiros, todas as cinco vítimas estavam no veículo. O motorista do caminhão saiu ileso. Até o momento, as autoridades não divulgaram a identidade das vítimas, o que impede a busca sobre informações atualizadas sobre o estado de saúde delas.

O condutor do veículo, de 42 anos, e sua filha, de 12 anos, perderam a vida no momento da colisão. Conforme relato dos bombeiros, também estavam no automóvel, mas sobreviveram:

  • Uma criança de apenas 2 anos, que é o filho do condutor;
  • Uma mulher de 40 anos, que é irmã do motorista;
  • Uma jovem de 14 anos, filha da irmã do condutor.

Equipes dos socorristas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados para atenderem a grave ocorrência.

Segundo relatos de testemunhas à equipe de bombeiros, o veículo invadiu a pista no sentido oposto. O motorista do caminhão tentou manobrar para desviar, porém não conseguiu evitar a colisão frontal.

Parte do veículo ficou completamente destruída, os socorristas do Corpo de Bombeiros precisaram usar técnicas de desencarceramento para retirar os corpos das vítimas.

Os bombeiros conduziram a mulher e sua filha ao Hospital Municipal de Planaltina de Goiás. Enquanto isso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou assistência ao bebê e o encaminhou para o Hospital de Planaltina do Distrito Federal.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais