Ela profetizou o ataque de 11 de setembro deixou previsões assombrosas para 2024

Baba Vanga, uma mulher que não enxergava e originária da Bulgária, alcançou renome como uma figura mística de destaque em todo o mundo. Mesmo após seu falecimento em 1996, as profecias dessa vidente e que também atuava como curandeira na localidade onde morava, continuam a ressoar globalmente.

Sua notoriedade internacional cresceu ao ser creditada por supostamente prever eventos significativos, como o desastre nuclear de Chernobyl, o colapso da União Soviética, a precisa data da morte do líder russo Josef Stalin e os ataques de 11 de setembro.

Previsões para 2024

Continua depois da publicidade

Para o ano de 2024, a vidente antecipou uma série de eventos “sombrios”, que abrangem desde ataques terroristas na Europa e uma iminente crise econômica até possíveis ataques biológicos, além de uma tentativa de assassinato contra o presidente russo Vladimir Putin. A única previsão positiva, conforme relatado pela Sky History, é o avanço nas descobertas médicas.

Confira quais as previsões que ela já acertou:

A vidente previu que em 2022 grandes cidades enfrentariam secas devido ao aumento das temperaturas, o que se confirmou. No ano passado, uma seca histórica no Hemisfério Norte resultou em desertificação de áreas, rios secos, propagação de incêndios florestais e impactos negativos nas economias locais.

Naquela ocasião, especialistas já alertaram que esse padrão tende a se tornar a norma nas próximas décadas.Outra previsão feita por ela para o ano de 2022 destacou que Austrália e Ásia experimentariam “intensos surtos de inundações”. Na Austrália, o governo chegou a declarar estado de emergência em março em resposta às inundações.

Esse episódio resultou em perdas de vidas, com 22 pessoas falecendo, e forçou milhares de evacuações em Sydney, devido às chuvas recordes que atingiram a costa leste.

11 de setembro

Possivelmente a previsão mais impactante, Baba Vanga acertadamente antecipou o desastre de 11 de setembro. Ela expressou a expectativa de um “horror” para os Estados Unidos e, em 1989, advertiu que “os irmãos americanos cairão após serem atacados pelos pássaros de aço”. Além disso, profetizou que “os lobos estarão uivando em um arbusto, e o sangue inocente estará jorrando”. Essa previsão se materializou em 2001, quando quatro aviões sequestrados resultaram na morte de quase 3 mil pessoas.

Covid-19

A vidente alegadamente antecipou o surgimento da Covid-19 em 1966 ao proclamar: “O corona estará por toda parte”. Neshka Stefanova Robeva, de 73 anos, declarou que a vidente a confidenciou tal previsão com ela antes de falecer. De acordo com o Daily Star, Neshka admitiu que “não percebeu” o significado dessas palavras na época.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais