Após 78 anos de relacionamento, idoso de 105 anos e esposa de 100 anos falecem no mesmo dia e detalhe chama atenção

Neste sábado (1º), foi revelada uma comovente história de amor e união que atravessou impressionantes 78 anos, com o falecimento do casal Mamédio Alves Magalhães, de 105 anos, e sua esposa Ana Araújo Magalhães, de 100 anos.

Os dois eram residentes da cidade de Paranã, localizada no estado do Tocantins. Após desfrutarem de uma vida em conjunto desde 1945, eles partiram deste mundo em um intervalo de apenas 4 horas entre suas mortes, ocorridas na sexta-feira passada (30).

Um detalhe sobre o casal chamou muita atenção, Ediana Quirino Magalhães, sobrinha-neta do casal, com 38 anos de idade, compartilhou que Mamédio costumava expressar a convicção de que partiria desta vida no mesmo dia que sua amada esposa.

Ele me chamou e falou para mim: ‘vou morrer no mesmo dia que ela. Nós vamos morrer juntos’. É muito bonita a história deles, ela amava ele mais que tudo, disse ela que foi criada com muito carinho pelo casal.

Apesar de estarem em idade avançada, o casal desfrutava de autonomia e, até recentemente, vivia de forma independente em uma propriedade rural próxima à cidade.

No entanto, nos últimos dias, a saúde de Ana começou a deteriorar e ela precisou ser hospitalizada devido a uma pneumonia. Enquanto Ana estava ausente, Mamédio começou a recusar-se a se alimentar e a tomar seus medicamentos prescritos regularmente.

Quando Ana retornou para casa, já desenganada pelos médicos, foi para ficar ao lado de seu marido. No entanto, na quinta-feira (29), foi a vez de Mamédio ser internado.

Um dia depois, a família recebeu uma triste notícia de que a premonição de Mamédio havia se concretizado: marido e mulher faleceram no mesmo dia, embora, não na mesma cama. Ela faleceu em casa, ele no hospital com apenas 4 horas de diferença.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais