Você baba enquanto dorme? Então você precisa saber disso com urgência

Você já ouviu falar que babar enquanto dorme significa que o sono atingiu um alto nível de qualidade? Então, após várias noticias com essa afirmativa viralizar nas redes sociais, o portal de notícias da Globo, ouviu especialista no assunto para tirar a dúvida.

De acordo com o Dr. Geraldo Lorenzi Filho, diretor do Laboratório do Sono do InCor e médico pneumologista, a mensagem dizendo que babar enquanto dorme está associado a qualidade do sono, é falsa e imprecisa.

O especialista garante que babar não tem nenhuma ligação com o descanso correto do corpo, nem ao menos com o desligamento das funções cerebrais como espalharam pelas redes sociais.

A notícia que não é verdadeira, diz que a saliva sai pela boca quando a pessoa está respirando corretamente durante o sono e quando o cérebro desliga completamente ao atingir o sono profundo.

O pneumologista diz ainda que cientificamente, o correto é dormir de boca fechada, com a língua no céu da boca, respirando pelo nariz e sendo assim, a pessoa não vai precisar babar.

Ele afirma que se a pessoa está babando é porque deve estar com o nariz obstruído e assim dorme com a boca aberta para conseguir respirar enquanto dorme.

Com isso, a língua é projetada para a parte de trás da boca, causando o ronco.

Além disso, a Drª Magda Lahorgue Nunes, professora de neurologia da Faculdade de medicina no Rio Grande do Sul e vice-diretora do Instituto do Cérebro, garante que não há relação alguma entre o babar e o perfeito repouso do corpo.

Alerta!

A professora de neurologia diz ainda que não há necessidade de babar, mesmo atingindo a fase de sono profundo, chamado sono REM, e orienta a buscar ajuda médica em caso de ronco ou baba durante sono, pois isso pode indicar algum problema de saúde.

Dr. Magna cita como exemplo, associação a algum tipo de obstrução nasal ou apneias do sono em pessoas que babam ou roncam durante o sono.

“Então, uma pessoa, uma criança, que dorme de boca aberta, que baba e que ronca, ela tem que, sim, fazer uma investigação, possivelmente ela tem uma hipertrofia de amídalas ou de adenoides.”

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais