Video: na Câmara, vereador do RS defende quem mate cães na rua: ‘eu parabenizo’

Depois de uma vereadora afirmar que ter filhos deficientes é “castigo de Deus” , agora um novo vídeo tem gerado repercussão. Nas imagens, um vereador gaúcho aparece afirmando que parabenizaria quem matasse cachorro na rua.

A declaração foi feita no último dia 9 de outubro, mas o vídeo só viralizou agora. Na ocasião, o vereador comentava sobre a população de cães de rua e reforçava que tutores devem manter seus cães em casa, “amarrados”.

Gente, quem quer ter um cachorro tem que ter em casa. Preso no pátio, amarrado. Eu, lá na casa da minha mãe, nós temos quatro. Se sair do pátio e incomodar o vizinho, pode matar e eu parabenizo quem matou. Tem que ser na casa”, declarou.

A declaração aconteceu durante discurso dentro da Câmara do município. Com a viralização das imagens, o político se defendeu e alegou que sua fala foi mal interpretada.

“Eu sei, como cristão, o que eu quis dizer”, se defendeu. O discurso foi alvo de denuncias feitas ao Ministério Público, todas anônimas até o momento. Além disso, deputado federal Delegado Bruno Lima (PP) se manifestou publicamente.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por DELEGADO BRUNO LIMA (@del.brunolima)

Léo Mota é vereador, em seu quarto mandato, no município de Fazenda Vilanova. No dia 23 de outubro, também na Câmara, ele falou de novo do assunto e criticou moradores que tem cachorro mas criam os bichos soltos.

O vídeo tem sido reproduzido nas redes sociais. Mota acredita que as imagens foram divulgadas por oposição política.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais