Triste fim de Heloísa de 3 anos atingida por tiro de fuzil em ação da PRF é confirmado e causa uma enorme comoção

Neste sábado (16), às 9h22, lamentavelmente faleceu a pequena Heloísa dos Santos Silva, com apenas 3 anos de idade. Desde o dia 7 de setembro, ela encontrava-se hospitalizada no Centro Médico Adão Pereira Nunes, situado na cidade de Duque de Caxias, que fica na Baixada Fluminense.

A menina foi internada após ser vítima de um disparo na cabeça durante uma abordagem realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na região do Arco Metropolitano, próximo a Seropédica. Durante esse período, foram 9 dias de cuidados intensivos.

Continua depois da publicidade

Conforme informado no comunicado médico emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, Heloísa experimentou uma parada cardiorrespiratória irreversível nesta manhã.

No dia 13, quarta-feira passada, Heloísa apresentou uma leve deterioração em seu quadro de saúde, que já era previamente classificado como instável e extremamente grave.

A menina foi submetida a procedimentos de reanimação seis minutos após o episódio de parada cardíaca.  Na manhã deste sábado, Lorrany Santos, prima de Heloísa, reiterou o apelo por preces em favor da menina.

Gente, pelo amor de Deus, SÓ OREM PELA VIDA DA HELOISA. Só peço isso agora”, escreveu. A Polícia Rodoviária Federal emitiu uma nota de pesar na qual se solidariza com a família que está vivendo um momento de profunda dor.

Ainda de acordo com a PF, membros da Comissão de Direitos Humanos segue no acompanhamento da família para que todos recebam “acolhimento e apoio psicológico”.

Para assistir ao vídeo CLIQUE AQUI!

Não há informações para liberação do corpo de Heloísa para o velório e sepultamento da criança.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais