Sindicato Rural de Palotina contraria informação inicial sobre explosão em Cooperativa; 27 pessoas estão desaparecidas

Nesta quarta-feira (26/07), uma explosão de grandes proporções atingiu uma cooperativa em Palotina, Paraná. Pelo menos quatro mortos, e outros 27 desaparecidos, já foram confirmados.

Segundo as informações iniciais, a explosão atingiu uma área onde havia um secador de grãos. No entanto, representantes do Sindicato Rural de Palotina contradizem essa informação.

O presidente do Sindicato, Edmilson Zabott explicou que a explosão teria acontecido em uma caldeira de ração. A declaração foi feita ao Portal Paraná, que acompanha o caso.

Tem muita gente circulando por essa área, muitos funcionários trabalham ali. Não temos como saber exatamente se havia produtores transitando no local, mas estamos no pico da colheita de uma produção surpreendente. Está todo mundo correndo contra o tempo”, declarou.

Ainda segundo Zabott, a cidade estava em festa pelos bons resultados da colheita. O sindicalista explicou que houve inclusive uma festa na cidade ontem, para celebrar a boa colheita que havia tido.

As informações sobre as buscas ainda estão sendo atualizadas em tempo real. Segundo os bombeiros, haviam 27 pessoas trabalhando no local que atualmente são consideradas desaparecidas.

Outras quatro vítimas fatais foram encontradas, enquanto quatro pessoas foram resgatadas com vida e encaminhadas ao hospital. A explosão teve grande proporção e foi sentida por moradores que estavam foram da cooperativa.

Pessoas relatam que a sensação era de que a estrutura dos prédios havia sido chacoalhada. A sensação se devem ao raio de choque causado pelo impacto inicial, que foi de grande proporção.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais