Sem trabalho, ex-atriz da Globo precisou virar vendedora ambulante: ‘Chorava à noite’

Na história da televisão brasileira, muitos artistas fizeram sucesso e possuem um currículo com diversos trabalhos. Porém, existem aqueles que iniciam os seus trabalhos e depois apresentam dificuldades em crescer diante dos olhos do público.

Narjara Turetta é uma dessas atrizes que precisou enfrentar diversas dificuldades ao decorrer de sua vida após não ter mais recebido oportunidades de trabalho como atriz.

Continua depois da publicidade

Com apenas cinco anos de idade, ela teve a sua estreia na televisão, no programa ‘Grande Gincana’, exibido pela emissora Record. Ela também foi apresentadora do programa ‘Essa Gente Inocente’, em meados de 1975. Veja a seguir.

Ela também realizou trabalhos na extinta TV Tupi. Porém, o seu grande sucesso foi na produção ‘Malu Mulher, exibida pela Globo.

Por conta de seu trabalho, a atriz se destacou e conseguiu se tornar um dos nomes fixos da emissora.

Ganhei prêmio de atriz revelação em 1980 por esse trabalho (Malu Mulher). Aos 12 anos, eu já tinha oito de carreira!”, chegou a declarar, ao falar sobre o assunto.

Porém, com o tempo, sua carreira deu uma boa esfriada e ela foi deixando de ser convidada para interpretar novos papéis. Com isso, as contas chegaram e a atriz teve que se virar da forma que podia, se tornando vendedora ambulante.

É a tal história: chorava à noite, e pela manhã estava linda e bela para vender meu coco”, revelou, ao ser entrevistada.

Atualmente, aos 56 anos, ela continua se dedicar ao teatro e à dublagem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais