Quem é a menina de 11 que perdeu a vida de forma brutal em ataque a tiros por vizinho incomodado com barulho

Um caso extremamente violento tem causado grande comoção na França e em toda a Europa desde o último fim de semana. Um indivíduo holandês de 71 anos, residente na pacata cidade de Saint-Herbot, cometeu um homicídio utilizando uma espingarda ao disparar contra uma menina de 11 anos e ferir os pais dela, todos britânicos, durante um churrasco.

Os envolvidos são vizinhos, e o agressor vinha tendo problemas com a família há alguns anos, isso porque o pai da menina realizava serviços de jardinagem e diversas melhorias em seu próprio quintal, o que supostamente incomodava o idoso.

No último sábado (10), por volta das 22h, Dirk Raats, que foi submetido a testes que confirmaram seu alto consumo de álcool e maconha após o incidente, posicionou-se na janela de sua residência com a arma de fogo, que ele mantinha em casa ilegalmente, mirou em Adrien e Rachel Thornton e disparou contra o casal.

Ele atingiu o casal, porém, segundo as autoridades locais, acertou acidentalmente o peito da pequena Solaine, que faleceu na hora. Uma irmã da menina, de oito anos, foi a única da família a não ser atingida pelos tiros e, em desespero, correu para pedir ajuda a outros vizinhos, que prontamente acionaram a polícia.

A autoridade local responsável pela investigação, Camille Miansoni, afirmou que o autor do disparo e sua esposa reclamaram que as vítimas fazem muito barulho.

Adrien permanece hospitalizado em estado grave, enquanto a mãe da criança, Rachel, está em uma condição ligeiramente melhor, porém ainda considerada crítica.

O responsável pelos disparos encontra-se detido, enfrentando acusações de homicídio, tentativa de homicídio e posse ilegal de arma de fogo. Além disso, sua parceira foi indiciada por tentar ocultar a arma que utilizada no crime.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais