Por acaso você sabe para o que serve o furinho na lateral da caneta Bic? Quando descobrir de boca aberta

Continua depois da publicidade

Todo mundo conhece a famosa caneta Bic, certo? Este é um clássico mundial, seja na escola, universidade, trabalho ou mesmo em casa, todos têm.

Na verdade, é a caneta mais vendida do mundo, mas você sabe para que serve o orifício lateral da caneta Bic?

Conhecida como Bic Cristal, atingiu o recorde de 100 bilhões de canetas vendidas em 2004. No entanto, existem algumas coisas sobre ela que não fazemos ideia por que existe. É o caso do furinho na lateral da caneta.

Imagem: (Reprodução / Google)

Você já se perguntou para que serve o furinho na lateral da caneta Bic? E o furinho na tampa?

A verdadeira função desse buraco é evitar a perda de tinta. Sem ela, seria impossível usar a caneta corretamente em um avião ou em uma cidade muitos metros acima do nível do mar, por exemplo. .Mesmo uma diferença na pressão atmosférica entre o interior e o exterior de um ambiente faria literalmente com que a caneta explodisse.

E tem outro buraco que chama muita atenção. Você já deve ter notado que as tampas Bic Cristal têm um orifício na ponta da tampa. Isso foi feito em 1991 como uma medida de segurança para a empresa. para evitar que as pessoas se afogassem caso ele engolisse a tampinha.

Imagem: (Reprodução / Google)

E você saberia explicar porque o tubo onde a tinta está armazenada geralmente tem o final vazio?

Também tem um significado: se carregada até a borda com tinta, ela se espalharia pela mão, pois a tinta é um material que se expande quando aquecido.

Outra curiosidade é sua forma. As canetas têm este formato atual para fácil armazenamento e economia de espaço. Se fossem circulares, também rolariam com mais facilidade quando os colocássemos sobre a mesa. Esse formato de caneta também ajudou muitos adolescentes das décadas de 80 e 90 a rebobinar suas fitas cassetes e economizar a bateria do walkman ou do rádio portátil.Quem é dessa época?

O inventor da caneta Bic foi Marcel Bich, que decidiu excluir a letra “h” da marca quando ela foi patenteada. Seu design foi tão popular ao longo da história que agora faz parte da coleção permanente do Museu de Arte Moderna Arte em Nova York (MoMA).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais