Polícia fala sobre da dificuldade em encontrar ‘serial killer de Brasília’: ‘dorme em cima de árvores’

Continua depois da publicidade

Nos últimos dias, nada mais se falou nas redes sociais do que sobre o “serial killer de Brasília”, é Lázaro Barbosa, um homem perigoso que deixou rastro de crime por toda parte.

Imagem: (Reprodução / Google)

Para os moradores da região, é crescente o temor e a polícia não está minimizando o potencial de crueldade do homem suspeito de homicídio, abuso, roubo, agressão e porte ilegal de armas.

A caçada a Lázaro começou quando, no dia 9 de junho, Lázaro matou quatro membros da mesma família.  No entanto ele estavam sob vigilância policial. Lázaro foi preso, mas escapou da prisão em 2018.

Uma das dificuldades que a polícia tem para prendê-lo é que ele conhece bem a área, tem experiência de caça e sobrevivência na mata. “Ele cresceu nesta região. Conheça todos os detalhes. Ele se esconde, dorme nas árvores. um cara experiente. Ele não é um bandido comum “, disse o porta-voz da polícia.

A mega-operação conta com agentes da Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, drones, helicópteros e cães farejadores, a polícia trabalha com a informação de que Lázaro quer voltar ao Distrito Federal.

O último sinal de Lázaro monitorado pela polícia foi em 13 de junho, quando o suspeito roubou um carro e tentou furar o cerco da polícia, mas foi interceptado e fugiu para a mata.

O último sinal de Lázaro monitorado pela polícia foi no dia 13 de junho, quando o suspeito roubou um carro e tentou furar o cerco da polícia, mas foi interceptado e fugiu para a mata.

Via: g1.globo.com

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais