PGE abriu 3.000 vagas para o concurso de bombeiros; Confira o edital de inscrição.

O Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) pode em breve abrir uma nova seleção. A previsão para a nova seleção  entra em vigor a partir de fevereiro, mas ainda depende da aprovação dos dos órgãos fiscais estaduais.
Concurso Corpo de Bombeiros 2021
Imagem: (Reprodução / Google)

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) já aprovou a minuta do edital para o próximo evento, e serão 3.000 vagas para o cargo. Segundo o CBMERJ, o processo de divulgação do edital está em andamento.

A banca organizadora foi contratada e o novo evento serão realizadas pela Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência vinculada  à Universidade Federal do Rio de Janeiro (Funrio).

Vagas no CBMERJ

Continua depois da publicidade

Segundo o comandante, o Estado ” está correndo com esse anúncio”. Estão previstas 3.000 vagas de emprego em todo o estado. Atualmente, com a aprovação da lei que permite a entrada de trabalhadores temporários no Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, a empresa já trabalha bastante para divulgar o documento.

O comandante disse: “Cada grupo terá 40 vagas. Essas vagas que são quartéis maiores, e cada destacamento terá 12 vagas”. Em primeiro lugar, as vagas serão oferecidas para soldados e pessoal temporários.

A abertura de concurso para pessoal não deve ser evitada, pois de acordo com a notificação do comandante, militares temporários não ocupam a vagas dos concursados.

 

“A corporação pretende apenas provar (ao Conselho de Segurança) que tem recursos para custear esses militares por um ano. Hoje, com as restrições, teremos recursos para pagar 9.000 militares por um ano. Se no ano que vem não tivermos os recursos, deixaremos todos irem. Esse modelo não está vinculado às restrições do Regime de Recuperação Fiscal”, diz o comandante.

As vagas serão utilizadas para  Soldados  combatentes, motorista (com combatentes CNH Tipo B), salva-vidas, paramédicos e socorristas. A vaga do soldado temporário precisa ter concluído o ensino médio. Para os técnicos de enfermagem, serão obrigatórios cursos técnicos na área.

As oportunidades para oficiais temporários incluirão médicos (diversas especialidades), enfermeiras, assistente social, nutricionistas, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo da área da saúde. É necessário ter um nível superior na área de interesse.

Vale ressaltar que a idade máxima para ocupar o posto quadrado temporário é de 25 anos, e a idade máxima para oficial temporários é de 35 anos. De acordo com a lei que estabelece essas funções, no segundo ano de serviço, oficiais, militares e oficiais temporários receberão remuneração semelhante, mas não superior à dos bombeiros da classe ou nível e escala hierárquica.

Os candidatos serão submetidos a uma prova objetiva e teste de aptidão física (TAF). O provas objetivo deve ser organizado da seguinte forma:

Médico de resgate

 

  • 15 Questões de Língua Portuguesa; e
  • 45 Conhecimento de Medicina e Medicina de Emergência.
  • Doutor (outras especialidades)
  • 15 Questões de Língua Portuguesa;
  • 20 Conhecimentos em Medicina e Medicina de Emergência; e
  • 25 questões específicas da área de medicina correspondente.

 

Enfermeiro, assistente social, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo

 

  • 15 Questões de Língua Portuguesa; e

45 específicas da área correspondente.

Soldado combatente e motorista

 

  • 15 Questões de Língua Portuguesa;
  • 15 questões de matemática; e
  • 20 questões de Raciocínio Lógico.

 

Soldado técnico de enfermagem e socorrista

 

  • 15 Questões de Língua Portuguesa;
  • dez questões de matemática; e
  • 25 Questões de Conhecimentos Específicos.

 

Soldado salva-vidas

 

  • 15 Questões de Língua Portuguesa;
  • 15 questões de matemática; e
  • 20 questões de Raciocínio Lógico.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais