mulher transmitiu o próprio assassinato nas redes sociais; outros cinco parentes também perderam a vida

Um caso de vários assassinato aconteceram em Recife, Pernambuco, e deixou a população local e todo o Brasil em choque com tamanha crueldade. De acordo com as informações divulgadas, um total de oito pessoas perderam a vida no crime.

O caso teve início na última quinta, dia 14 de setembro, quando uma denúncia realizada afirmou que havia um homem em cima da laje que estava “dando tiros para cima” em uma comemoração.

Continua depois da publicidade

Para averiguar o que estava acontecendo, dois policiais militares, Eduardo Eduardo Roque Barbosa de Santana, de 33 anos, e Rodolfo José da Silva, de 38 anos, foram até o local averiguar.

O homem que atirava, Alex da Silva Barbosa, portava uma arma a laser que era registrada, já que ele era CAC, Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador.

Quando Alex percebeu que os policiais se aproximavam do local, ele teria atirado na cabeça de ambos os policiais. Durante o tiroteio uma grávida de sete meses e um adolescente de 14 anos teriam se ferido.

Ainda na noite de quinta, duas horas mais tarde, cinco parentes de Alex teriam sido mortos por criminosos não identificados até o momento e Ágata, irmã de Alex, transmitiu o próprio assassinato ao vivo nas redes sociais.

Segundo o relato da própria Ágata, antes de morrer, a casa de sua mãe teria sido invadida e ela foi sequestrada por mais de dez pessoas. Além disso, Ágata relatou que chegou a ir até a delegacia após a morte dos policiais Eduardo e Rodolfo.

De acordo com comentários feitos por Ágata em páginas da internet onde a ocorrência teria sido divulgada, ela estaria preocupada com sua mãe, Maria José Pereira da Silva.

Segundo Ágata, três carros teriam chegado até a sua casa com mais de dez homens e levaram Maria José, tomaram o celular dela, do pai e de sua irmã. Ela também chegou a pedir ajuda solicitando número de algum repórter para divulgar o caso.

Na sexta, por volta das 2h, Ágata e outros dois irmãos de Alex foram mortos por homens encapuzados. Neste momento Ágata fazia uma transmissão nas redes sociais que captou o momento.

Mais tarde o corpo da Maria José, foi encontrado num canavial em Paudalho, juntamente com o corpo da esposa de Alex, Maria Nathalia Campelo do Nascimento, de 27 anos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais