Menino de 2 anos perde a vida após se engasgar com ovo em creche do ES; todo o cuidado é pouco

Na região da Grande Vitória, no Espírito Santo, um menino de apenas 2 anos de idade morreu após ter se engasgado com um ovo dentro de uma creche.

A criança chegou a ser encaminhada para uma unidade de saúde, mas não resistiu nesta última quarta-feira, dia 17 de maio, tendo o seu falecimento confirmado. O menino foi encaminhado no dia 12, na última sexta-feira.

Continua depois da publicidade

De acordo com informações do pai da vítima, Noah Pereira Portelo ficou quase uma hora sem conseguir respirar por ter se engasgado.

Joabson Oliveira, contou mais detalhes do incidente, contando que no momento, o seu filho, que sofria de autismo, estava realizando uma refeição na creche municipal que fica no bairro Central Caparina.

Em certo momento, a escola ligou e pediu para que o pai fosse até o local. Quando o motoboy de 25 anos chegou na instituição, já encontrou o seu filho sem qualquer reação.

Somente no pronto-socorro do bairro Noah conseguiu ter o ovo retirado de sua garganta. Após isso, ele foi levado em estado grave para o Hospital Infantil em Vitória, chegando a ficar internado por um tempo.

“O Noah gostava de brincar muito, ele tinha o momento dele de brincar, de ficar mais tranquilo. Agora a gente precisa tentar se recuperar dessa perda”, desabafou o pai, após sofrer com a morte do menino. Noah era o caçula de uma família com outros três irmãos. 

Todo cuidado é pouco

Engasgos com crianças de dois anos de idade podem ser bastante comuns, principalmente enquanto elas ainda estão aprendendo a mastigar e a engolir alimentos sólidos. Isso pode ocorrer com alguns tipos de alimentos, como uvas, sementes, nozes, carne, pão, entre outros.

Os riscos de engasgos para as crianças dessa idade são bastante elevados e podem levar a problemas graves, como asfixia e até mesmo a morte. Por isso, é importante que pais e cuidadores estejam atentos aos alimentos que oferecem aos pequenos e que acompanhem as refeições de perto, para evitar acidentes. Além disso, é recomendado que sejam realizados os cursos de primeiros socorros infantis para saber ações imediatas em caso de emergências.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais