Médico tem a vida tirada dentro de seu apartamento em MG; suspeito revelou motivação

Na região de Belo Horizonte, em Minas Gerais, um médico identificado pelo nome de Vinícius de Souza Garcia, de 31 anos, foi morto a facadas dentro de seu próprio apartamento.

O suspeito, um homem de 30 anos de idade, chegou a entrar em luta corporal com a vítima antes de ter tirado a sua vida. O caso aconteceu neste último sábado, dia 22 de abril. 

O suspeito disse que mantinha um relacionamento com o médico há poucos dias. E que em certo momento, ele teria sido abusado sexualmente e ainda teria sido drogado pelo profissional da saúde.

Ainda em seu relato, ele afirmou que apenas se defendeu após ter sido ameaçado com uma faca pelo médico. Vinícius não resistiu e morreu no local.

Por estar ferido, o homem foi levado a um hospital da localidade e permaneceu internado. Agora, ele está sob a disposição da Justiça.

De acordo com informações da Polícia Civil, ele pode ter que responder pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil.

O corpo de Vinícius chegou a ser encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), e depois, foi liberado pelos seus familiares.

O enterro ocorreu ainda no domingo, dia 23 de abril, na região de Minas Gerais, em Divinópolis.

O médico era doutorando na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Ele ainda teria dito que Vinícius não o teria permitido sair do imóvel, o que iniciou toda a briga.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais