Idoso arrasta cachorro por 1 km de asfalto após não conseguir acabar com a sua vida com tiro de espingarda

Um homem idoso de 71 anos foi detido pelas autoridades policiais depois de atirar em um cão e arrastá-lo por aproximadamente 1 km, amarrado a uma motocicleta.

O perpetrador do crime arrastou o animal indefeso pela rodovia RN-074, situada entre as cidades de Rafael Godeiro e Almino Afonso, ambas localizadas na região do Alto Oeste do estado do Rio Grande do Norte. Conforme informações da Polícia Militar do estado, o episódio ocorreu na manhã desta terça-feira, dia 2 de abril.

De acordo com informações inicialmente fornecidas à imprensa pelo Major Adelino Alves, comandante da Terceira Companhia Independente da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, o idoso foi detido pelos próprios moradores locais que, indignados com a violência cometida contra o cão, o contiveram e impediram que ele fugisse. Em seguida, as autoridades policiais foram acionadas e dirigiram-se ao local do ocorrido.

O indivíduo recebeu voz de prisão e foi encaminhado a uma delegacia de polícia. Além do delito cometido contra o animal, os agentes encontraram uma espingarda que havia sido usada para atirar no cão.

Segundo testemunhos dos moradores locais que presenciaram o episódio, o agressor disparou contra o cão e, ao perceber que o animal não havia morrido, decidiu arrastá-lo pela rodovia.

A atitude do idoso causou revolta na comunidade, que prontamente o deteve para impedir sua fuga. Além do crime de maus-tratos a animais, ele também deverá responder por posse ilegal de arma de fogo, uma vez que a arma encontrada não possuía registro legal.

Por sorte, o cão conseguiu sobreviver aos ferimentos graves e foi levado a uma clínica veterinária para receber os cuidados médicos necessários. Na unidade de saúde, o animal foi atendido e, atualmente, encontra-se em recuperação com seu estado de saúde considerado estável.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais