Exame perinecroscópico no corpo de psicológa que foi encontrada em veículo submerso trouxe importante informação

Após dias sendo procurada pela família e amigos, depois de ser considerada desaparecida, a psicóloga Ivana Leda de Carvalho, de 50 anos, teve o seu corpo encontrado no último dia 19 de agosto, na região do Lago Paranoá.

Lamentavelmente, o corpo estava em um avançado estado de decomposição. Por conta disso, as autoridades apontam que se torna mais difícil a detecção de possíveis sinais de violência, visto que ela foi encontrada dentro de um veículo submerso.

Continua depois da publicidade

Canais de comunicação indicam que uma inspeção foi realizada pela perícia no local em que o veículo chegou a ser encontrado, mas as autoridades não conseguiram realizar uma conclusão, já que o carro ficou submerso por dias.

Essa condição eliminou ou alterou os possíveis vestígios que poderiam ser encontrados através da perícia.  Ademais, a avaliação preliminar, conhecida como exame perinecroscópico, não revelou sinais de violência nem nas vestes ou no corpo de Ivana.

Porém, isso não significa que ela não tenha sofrido com qualquer agressão, apenas pode indicar que a ausência deles tem alguma relação com o estado avançado em que o cadáver foi encontrado. 

Agora, os materiais que foram coletados no corpo da psicóloga devem ser enviados para exames laboratoriais. Além disso, o DNA da profissional de saúde também dever ser analisado.

Neste vídeo abaixo, é mostrado o local em que o corpo de Ivana Leda foi encontrado:

Veja aqui o vídeo com mais informações.

Por enquanto, as autoridades não definiram uma linha de investigação específica e continuam a trabalhar com todas as hipóteses possíveis. O caso segue sendo um mistério.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais