É por este motivo que um par de tênis na porta do banheiro pode definir qual será o futuro de Daniel Alves

O futuro do jogador de futebol Daniel Alves pode ser definido por causa de um par de tênis.

Um par de tênis branco que foi captado por uma das câmeras de segurança da boate Sutton, localizada na cidade de Barcelona, pode ser o passe para liberdade do jogador de futebol que esteve na Copa do Mundo de Futebol Fifa, no Catar em 2022, ou se tornar a prova cabal de sua culpa.

Continua depois da publicidade

Daniel Alves está preso desde o último dia 20 de janeiro, sob a suspeita de ter cometido agressão sexual contra uma jovem de 23 anos, no banheiro privativo de uma casa noturna. Veja a seguir o motivo que foi mostrado pela investigação.

De acordo com a vítima, Daniel Alves a chamou para ir até o local, contudo, ela não sabia que se tratava de um banheiro, onde aconteceu o estupro. A jovem revelou que ficou por cerca de 15 minutos dentro do lugar com o jogador, e durante este tempo ela foi abusada.

A defesa do jogador havia alegado que a jovem foi até o banheiro por vontade própria, alegando que ela teria entrado no banheiro sozinha.

O principal advogado de defesa de Daniel Alves alega que a jovem abriu e fechou a porta do banheiro com tranquilidade.

Entretanto, se o par de tênis que estava na porta do banheiro for de Daniel Alves, toda a defesa do jogador cairá por terra.

Isso porque o tênis seria a indicação do local onde o jogador estava à espera da jovem após Daniel Alves a convidar.

A defesa de Daniel Alves alega que o par de tênis não é do jogador, mas de outro cliente que estava no local. Na próxima semana o vídeo passará por uma perícia na tentativa de identificar se o par de tênis é realmente de Daniel Alves.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais