Chega ao fim o mistério após mãe e filho terem sido encontrados sem vida em SP

Na região de Hortolândia no interior de São Paulo, uma mãe e seu filho foram encontrados mortos. Eles foram identificados pelos nomes de Fernanda Silva, de 44 anos, e o filho Mauricio Silva Ferreira, de 24 anos. Ambos foram levados de dentro de suas casas, e a mãe de Fernanda, Dona Delma, de 67 anos, foi brutalmente agredida.

E na manhã desta terça-feira, dia 10 de outubro, o principal suspeito de ter cometido o crime, o ex-companheiro da vítima, confessou o ato e relatou para as autoridades o local em que teria deixado os corpos.

O homem é o ex-companheiro de Fernanda e teria convivido com sua família por algum tempo. O relacionamento dos dois chegou ao fim após a vítima ter tido conhecimento de que ele mantinha relações românticas com outra pessoa, além dela.

E antes do fim do relacionamento, Fernanda emprestou o dinheiro que seria usado para comprar um imóvel para o homem, que teria prometido que faria uma aplicação que traria um maior investimento para ela. Mas, isso não aconteceu, e ele não devolveu o dinheiro dela.

Com isso, Fernanda estava pedindo por seu dinheiro de volta e ameaçou acionar as autoridades. Diante disso, o homem marcou um encontro com a vítima, e Fernanda com medo de que algo poderia acontecer, levou o seu filho junto.

Os corpos foram encontrados com sinais de tortura e as autoridades continuam a investigar todo o crime.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais