Bebê de 4 meses perde a vida de maneira sofrível dentro de casa e polícia investiga o caso

Uma família está vivendo um grande sofrimento desde que passou por uma grande tragédia.

Um terrível acidente tirou a vida de uma de uma garotinha de apenas 4 meses de idade, que repousava tranquilamente em um colchãozinho sobre a cama dos pais, deslizou e ficou presa entre a parede e o móvel.

A pequena acabou sufocando, e infelizmente, não sobreviveu ao incidente. A mãe da criança, que cochilava naquele momento, não percebeu o ocorrido e, lamentavelmente, só se deu conta quando já era tarde demais.

O caso aconteceu em Cingapura, durante a madrugada do dia 20 de dezembro de 2021 e recentemente, voltou à tona por meio de uma investigação judicial e subsequente divulgação pela imprensa local.

De acordo com o depoimento da mãe, ela ouviu o choro da filha às 5 horas da manhã e a deixou com a mamadeira para se alimentar antes de voltar a dormir.

No entanto, cerca de uma hora depois, ao despertar, a mãe constatou que a menina não estava mais sobre o colchão que havia sido colocado sobre a cama.

Foi só nesse momento que a mãe percebeu a sua filhinha presa entre a cama e a parede, com as perninhas para cima. Ela agiu rapidamente para retirá-la dali, contudo, a criança não respondia a nenhum tipo de estímulo.

A perícia, então, conduziu uma investigação minuciosa que concluiu que a menina morreu asfixiada, pois a sua posição invertida, com a cabeça para baixo, impediu que ela respirasse normalmente.

Adam Nakhoda, um dos especialistas responsáveis pelo relatório do caso, alertou sobre os perigos de permitir que crianças durmam em circunstâncias semelhantes àquelas em que a garotinha se encontrava. Em suas recomendações, o legista enfatizou a importância de os bebês serem acomodados em berços para dormir.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais