Atenção! Prazo até hoje (28) para contestação do Auxilio Emergencial pelo Dataprev

Continua depois da publicidade

A Dataprev reabriu o prazo para contestar o auxílio emergencial. Isso significa que os beneficiários que tiverem o pagamento negado terão até esta sexta-feira (28) para solicitar a revisão do pedido.

Imagem: (Reprodução / Google)

Devido aos novos critérios de seleção do auxílio, muitos beneficiários tiveram seu pedido negado e puderam contestar o auxílio de emergencial nas datas indicadas pela Dataprev.

Depois de muitas investigações, a Dataprev decidiu reabrir a contestação para quem teve o auxílio de emergencial recusada. É importante lembrar que a auxílio emergencial 2021 está sendo paga aos beneficiários fora do Bolsa Família desde 6 de abril.

Além disso, desde o dia 16 de abril, ela paga aos beneficiários que fazem parte do Bolsa Família, que receberão o valor na conta do Poupança Social Digital e utilizarão a taxa através do Caixa TEM.

Contestação do auxílio emergencial

 

  • Informe o número do CPF, nome completo, nome da mãe completo e a data de nascimento (aso não tenha no registro o nome da mãe, basta marcar na opção “Mãe desconhecida”);
  • Clique em “ENVIAR”;
  • Ao entrar no sistema, basta clicar na opção “Solicitar contestação”.

 

Critérios do auxílio emergencial 2021

O governo teve que redefinir os critérios do auxílio com a delimitação de despesas definida pelo PEC de Emergencial. Para a nova rodada de pagamentos, mais de 20 milhões de brasileiros tiveram que ser reduzidos. Abaixo estão os critérios que foram usados ​​este ano:

  • Ser trabalhador informal; ou
  • Beneficiário do Bolsa Família;
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Ter renda familiar per capita mensal de até meio salário mínimo (R$ 550);
  • Ter recebido o auxílio emergencial no ano passado.

Valor do auxílio emergencial 2021

  • Pessoas que moram sozinhas: R$ 150;
  • Famílias compostas por dois ou mais membros: R$ 250;
  • Mães, chefes de família monoparentais: R$ 375.

Calendário de depósitos do auxílio emergencial 2021

Nascidos em: Parcela 2  Parcela 3  Parcela 4
Janeiro 16 de maio 20 de junho 23 de julho
Fevereiro 18 de maio 23 de junho 25 de julho
Março 19 de maio 25 de junho 28 de julho
Abril 20 de maio 27 de junho 1º de agosto
Maio 21 de maio 30 de junho 3 de agosto
Junho 22 de maio 4 de julho 5 de agosto
Julho 23 de maio 6 de julho 8 de agosto
Agosto 25 de maio 9 de julho 11 de agosto
Setembro 26 de maio 11 de julho 15 de agosto
Outubro 27 de maio 14 de julho 18 de agosto
Novembro 28 de maio 14 de julho 20 de agosto
Dezembro 30 de maio 21 de julho 22 de agosto

Calendário de saques do auxílio emergencial 2021

Nascidos em: Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 31 de maio 13 de julho 13 de agosto
Fevereiro 01 de junho 15 de julho 17 de agosto
Março 02 de junho 16 de julho 19 de agosto
Abril 04 de junho 20 de julho 23 de agosto
Maio 08 de junho 22 de julho 25 de agosto
Junho 09 de junho 27 de julho 27 de agosto
Julho 10 de junho 29 de julho 30 de agosto
Agosto 11 de junho 30 de julho 1º de setembro
Setembro 14 de junho 4 de agosto 3 de setembro
Outubro 15 de junho 6 de agosto 6 de setembro
Novembro 16 de junho 10 de agosto 8 de setembro
Dezembro 17 de junho 12 de agosto 10 de setembro

Calendário do auxílio emergencial 2021 para os beneficiários do Bolsa Família

NIS 2ª parcela 3ª parcela 4ª parcela
NIS final 1 18 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 2 19 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 3 20 de maio 21 de junho 21 de julho
NIS final 4 21 de maio 22 de junho 22 de julho
NIS final 5 24 de maio 23 de junho 23 de julho
NIS final 6 25 de maio 24 de junho 26 de julho
NIS final 7 26 de maio 25 de junho 27 de julho
NIS final 8 27 de maio 28 de junho 28 de julho
NIS final 9 28 de maio 29 de junho 29 de julho
NIS final 0 31 de maio 30 de junho 30 de julho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais