Adolescente de 14 anos confessa que tirou a vida de seu melhor amigo de forma cruel

Um adolescente de apenas 14 anos de idade, identificado pelo nome de Joaquín Sperani, foi encontrado morto após horas de buscas. O seu corpo foi encontrado dentro de uma casa abandonada.

E pouco tempo depois de seu corpo ter sido achado de forma trágica, o melhor amigo dele, também de 14 anos, confessou que foi o responsável por ter causado a morte do adolescente. Ele teria agredido o outro jovem até a morte. Ele chegou a ser detido, mas não foi preso devido a sua pouca idade.

De acordo com o que é indicado nos dados preliminares que foram encontrados na autópsia, Joaquín teria morrido devido a um traumatismo craniano. Ele teria recebido ao menos dez golpes na cabeça e não se tem sinais de que o jovem teria tentado resistir ao ataque.

Na quinta-feira, dia 29 de junho, câmeras de segurança chegaram a registrar o momento em que Joaquín saiu da escola ao lado de seu agressor. Essa foi a última vez que ele foi visto com vida.

Segundo canais de comunicação, a mãe de Joaquín já teria feito denúncias na escola, alegando que o seu filho estava sofrendo bullying e acusando a escola de não tomar uma atitude adequada contra esse tipo de atitude.

Por enquanto, as autoridades estão duvidando que o menor de idade tenha agido sozinho em todo o crime, pois acreditam que o jovem teria cúmplices no caso. O caso aconteceu na Argentina.

 Importante:   Este site faz uso de cookies que podem conter informações sobre os visitantes. ACEITAR Leia mais