13º salario dos aposentados do INSS será antecipado; Veja mais.

Continua depois da publicidade

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou anteriormente que os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) receberão o 13º salário pelo segundo ano consecutivo. O ministro disse que a medida só será implementada após a aprovação do orçamento geral da União deste ano.

13salarioinss 357x210 - 13º salario dos aposentados do INSS será antecipado; Veja mais.

Continua depois da publicidade
O abono salarial já foi antecipado. Agora, assim que aprovarmos o orçamento, o décimo terceiro dos mais fracos, os mais velhos, como fizemos na outra vez será antecipado”, disse o ministro.

No ano passado, o 13º  estava programado para abril os beneficiário do INSS como medida de auxílio à população mais afetada pela pandemia do COVID-19..

Guedes disse ainda que pretende retomar o programa de suspensão de contratos e redução da jornada de trabalho (com redução salarial proporcional) que entrou em vigor no ano passado. “O BEm, programa de preservação de empregos, já está sendo lançado de novas bases. Então tem mais coisas acontecendo lá fora ”, acrescentou Guedes.

O programa , conhecido como Benefício de Urgência (BEm), prevê que trabalhadores com contrato suspenso ou jornada reduzida de trabalho recebam a parcela do seguro-desemprego a que teriam direito se fossem demitidos em troca de redução de salário.
Em contrapartida, o empregador não pode despedir o empregado após o fim da assistência pelo tempo que o empregado recebeu BEm.

Vacinação

Guedes mais uma vez defendeu a vacinação em massa como principal medida para salvar a economia, e não respondeu a perguntas sobre a possível expansão dos Bolsa Família.

O grande desafio é a vacinação em massa. Na saúde, precisamos agir rapidamente para não derrubar a economia brasileira novamente. Além da dimensão humana, das tragédias, das famílias, há o perigo de derrubar a economia novamente e aí você afiar todo o problema brasileiro”, declarou. “Agora é saúde, vacinação em massa, não vamos falar do Bolsa Família agora.”

PEC emergencial

Sobre a PEC emergencial, o vice-presidente Daniel Freitas (Daniel Freitas) afirmou não ter intenção de alterar o texto aprovado pelo Senado para agilizar a tramitação da proposta. Ele disse que apresentará um projeto de relatório na próxima segunda-feira (8).

“O Brasil está muito ansioso. A urgência desse assunto é óbvia. Precisamos agilizar o processo. Qualquer mudança na PEC vai atrasar o Brasil, então vamos discutir e discutir e agilizar a aprovação da PEC o quanto antes.” O relatório da proposta O membro comentou na sala de conferências.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele ACEITAR Leia mais